sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Vender em 2016

Minha última postagem tem quase um ano e eu estou aqui, escrevendo. Gente, trabalhar na área criativa tem muitos prós, mas os contras são vários chutes consecutivos no traseiro.
Sou formada em administração e em design de moda, escolhi o design como profissão, hoje tenho uma pequena marca de bolsas e dou aulas de costura e modelagem. Não quero mais dar aulas, apesar do dinheiro ser bom, quero ficar nas bolsas. Mas como é difícil hein!!!
Sou eu quem cuida de todos os processos, eu compro o material, eu crio o modelo, eu sento e passo o dia costurando uma por uma. Eu amo tudo isso, mas não posso viver só de fazer, tem que vender também e é aí que o bicho pega. Saber vender seu produto é uns dos maiores desafios de quem faz, normalmente a gente não tem essa habilidade.
Divulgar e conquistar o cliente é um desafio pra mim, eu prefiro ficar 24 horas numa bolsa difícil de costurar do que ficar 2 horas quebrando a cabeça pra fazer um anúncio legal pra jogar nas redes sociais.
Tem que ser persistente nisso, todos os dias a mesma chatice, postar foto, textos convidativos e divertidos, ser feliz o tempo todo, positiva, blá blá blá.
Vem comprar, última peça, você não pode perder, mandamos pra todo Brasil, essa maravilha pode ser sua, não perca, quem usa ama, blááááááááááá ZZzzzzzzz
Odeio todo o processo de venda. Só gosto da mensagem "venda aprovada", pronto, chega, já foi, vendi!!!
Podia ser mais fácil.
Meu desejo em 2016 é melhorar minhas habilidades em vendas e vender mais!